quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Blog Contando Historias

Gente visite essa página é muito legal e tem vários tipos de histórias e além disso você pode enviar a sua. Se divirta acessando essa página

                                                        http://www.contandohistoria.com/menu.htm


Leia Para uma Criança

Gente  Receba GRÁTIS em sua casa a Coleção de Livros Infantis do Banco Itaú. ACESSE o link:http://www.itau.com.br/itaucrianca/, e preencha um  formulário pra receber a coleção.Vale muito a pena os livros, se inscreva e leia par uma criança. Compartilhe e incentive a leitura mundo a fora, porque ler é muito divertido e ajuda no desenvolvimento e aprendizado da criança =D.


Foto: Receba GRÁTIS em sua casa a Coleção de Livros Infantis do Banco Itaú. COMPARTILHE essa imagem e ACESSE http://yogh.me/0xfi


Ao ganhar leia para um primo, irmão, sobrinho  vizinho, amigo, alunos. Deixe um sorriso em cada rosto ao ouvir as histórias.

Gente nossa disciplina acabou, com um gostinho de quero mais, no ultimo dia, aconteceu o Sarau Briquelê, onde foi apresentado musicas e poemas infantis e os convidados leram poemas distribuídos  foram muitos risos e alegrias e as musicas contagiantes.


Convidada Amanda, que nos prestigiou com o canto de sua flauta.



Podemos perceber que a ideia de propor um Sarau de Poesias se torna uma brincadeira gratificante, onde os participantes se divertem contando poesias e brincando com elas, porque o encanto da poesia contagia pessoas de todas as idades, inclusive um convidado especial que no prestigiou com a leitura de um poema.



O Sarau Briquelê será uma pratica agora desenvolvida pelo menos 1 vez no ano, no bloco de Pedagogia da Universidade de Alagoas, pois contagiou a todos, inclusive a mim que estava encantada ao ouvir as leituras do poema e enchendo os olhos de lagrimas ao recordar os meus tempos de criança.



Nossa decoração super colorida e cheia de magia, fazendo do Saral uma verdade lembrança de infância.  Muito bom, agradecemos a todos a presença ao nosso Saral e é com um aperto no peito que deixamos a disciplina tão contagiante quanto está. Tudo valeu a pena, cada momento, cada detalhe e obrigada a vocês que visitam nosso blog sempre e a todos que comentaram em todos esses postes. 








Lirinha recita O Guarda Abilolado


Vale muito a pena assistir esse vídeo, Lirinha conta o poema com muito humor de uma forma contagiante =D , O músico Lirinha, que foi integrante da banda Cordel do Fogo Encantando. 








sábado, 13 de outubro de 2012

CORDEL

 



Literatura de cordel é um gênero literário popular e escrito freqüentemente na forma rimada, originado em relatos orais e depois em folhetos, o nome tem origem como os folhetos eram expostos para a venda, pendurados em cordas. ( cordéis ou barbantes ) em Portugal . No nordeste do Brasil o nome foi herdado, mas a tradição do barbante não se perpetuou: o folheto brasileiro pode ou não estar exposto em barbantes.







Alguns poemas são ilustrados com xilogravuras, também usadas nas capas. As estrofes mais comuns são as de dez, oito ou seis versos. Os autores cordelistas. Recitam esses versos de forma melodiosa e acompanhados de viola, como fazem leituras ou declamações muito empolgadas e animadas para conquistar possíveis compradores. Para reunir os expoentes deste gênero literário típico do Brasil.foi fundada em 1988 a academia brasileira de literatura de cordel, com sede no Rio de Janeiro.


quarta-feira, 10 de outubro de 2012

MANISFESTO POR UM BRASIL LITERÁRIO





O vídeo retrata da importância da leitura literária, na qual o Poeta e Escritor Bartolomeu Campos de Queirós lê o Manifesto por um Brasil literário.  

Vale a pena assistir    ;-)  


Qual a diferença entre poema e poesia?

Poema: é uma obra da poesia mais que usa as palavras como matéria prima.
Poesia: é uma  atividade de produção artística ou a de criar ou fazer. Com base nisso, a poesia pode não estar só no poema, mas também em paisagens e objetos. Trata-se, enfim, de uma definição mais ampla, que abarca outras formas de expressão, além da escrita.
  Tanto o poema quanto a poesia são textos feitos em versos, que são as linhas que constituem uma obra desse gênero.

Poema:                                         O vestido de laura

                                                                          O vestido de Laura,
                                           é de três babados,
                                            todos bordados.
                                
 O primeiro, todinho,
  todinho de flores
  de muitas cores.
 
  No segundo, apenas
  borboletas voando,
  num fino bando.

  O terceiro, estrelas,
 estrelas de renda                
  -- talvez de lenda...
 
  O vestido de Laura
  vamos ver agora,
  sem mais demora!
 
  Que as estrelas passam,
  borboletas, flores
  perdem suas cores.
 
  Se não formos depressa,
  acabou-se o vestido
  todo bordado e florido!


   CECÍLIA MEIRELES


domingo, 30 de setembro de 2012




Outro exemplo de biblioteca, o que percebemos nessa biblioteca, que os livros estão empilhados de forma não convidativa, porém se pode observar a diversidade de livros como esse em que as crianças acabam brincando com ele, no chão vemos um tapete com letras do alfabeto e também almofadas, percebemos também uma divisão porém não identificamos o que vem à ser. A prateleira está em uma altura acessível a faixa etária e 30 cm do chão longe de janelas o que evita o desgaste dos livros.


Oun *_* que coisas mais fofas... Um tipo de biblioteca ou espaço de interação das crianças com os livros. Podemos observar nessa figura que as paredes estão muitos coloridas, o que deve ser para chamar a atenção dos pequeninhos, podemos destacar também as prateleiras que dessa vez não estão com a capa dos livros viradas para frente o que dificulta para a escolha dos livros para as crianças, na imagem também tem poffs coloridos e removíveis e colchonetes para o livro acesso dos livros as crianças e também o conforto para elas lerem. Observamos também o violão e o espaço para contação de histórias com fantoches. 

http://www.google.com/imgres?imgurl=http://www.liceu.com.br/noticias/fotos/fantoches


- Podemos observar através da imagem o uso de fantoches, contação de história e prateleiras do tamanho adequada para a faixa etária, com os livros virados para frente assim facilitando a escolha do aluno pelo mesmo a cor da parede branca, assim evitando poluição visual e tornando o ambiente mais aconchegante.



Para bibliotecários, professores, ou demais pessoas que possuam uma biblioteca, uma dica interessante é  um quadro negro ou um quadro de avisos, para que os leitores deixem seus recados ou suas impressões sobre as obras, dessa forma tornando a biblioteca um espaço de leitura compartilhada. 

Pois o despertar à leitura pelo livro não é só o livro em si, mais o comentário de alguém que leu a obra,assim desperta mais o interesse pela obra.



Curiosidade Sobre Sobre o Epaço Bibliotecário

             






 Vocês sabiam que até as cores das paredes das bibliotecas influenciam no ambiente propicio a leitura? 


- Pois é,de acordo com Rovilson da Silva, as paredes da biblioteca deve ser claras, onde sejam capazes de acalmar  e dar conforto aos leitores, fazendo assim da biblioteca um espaço singular capaz de promover lazer e conhecimento.


- Dicas para escolha: cores sóbrias como branco, amarelo e verde-água.

Conversando Sobre Biblioteca



O que é uma Biblioteca ? 
Algum leitor desse blog poderia me responder ? 



De acordo com o dicionário Aurélio: Biblioteca  é uma coleção de livros disposto em ordem para consulta; local onde se consulta livros.

De acordo com  o site  (http://agrupamentoportel.drealentejo.pt/aeeep/bibliotecaweb/oquee.htm) : É um local de descoberta e divertimento, no qual podemos encontrar respostas para as nossas dúvidas, pesquisar para os nossos trabalhos, ou simplesmente passar os nossos tempos livres, num ambiente acolhedor e descontraído.

De acordo com o a portuguesa Olga Pombo: Biblioteca é um espaço educativo, onde mostra para o aluno q diversidade de saberes e pontos de vista, além de múltiplos esforços em compreender o mundo. 

Podemos perceber que hoje em dia a função da biblioteca está mais relacionada a definição do nosso querido dicionário Aurélio, quando diz que a mesma é um espaço onde há uma coleção de livros onde serve para consulta, nossa realidade é quase a mesma, as bibliotecas tem mais a função de deposito de livros do que outra coisa.


Mais o que vocês não devem saber é que a biblioteca é um espaço riquíssimo, que tem  uma grande extensão de variedades de livros, autores tanto clássicos quanto contemporâneo não se trata apenas de um deposito de livros e sim de um ambiente pedagógico para informação, letramento e fruição. 




Como deve ser o espaço da biblioteca? 

- > Os espaços onde se encontram os livros devem ser organizados de formas convidativas, onde despertem o interesse para alguém busca-lo, não deve ser como a figura a cima, onde não se dá nem pra visualizar a capa, que é o instrumento onde se desperta a curiosidade do leitor. 

- > Os mobiliários devem ter altura adequadas para todas as faixas etárias e não devem tocar o chão e nem ficarem perto de janelas, pois assim, evitam a umidade e poeiras.

-> Ter um espaço lúdico onde as crianças fiquem mais à vontades, exemplo: ao invés de cadeiras, tapetes e almofadas, ter também cortinas e fantoches e o mais importante uma hora reservada para contação de histórias.

-> O espaço deve ser arejado e bem iluminado, as prateleiras . 




       Outro ponto de vista relevante que não se deve ser esquecido, é a presença de um mediador no ambiente bibliotecário, pois não é a biblioteca ou a escola somente que ira despertar o gosto por ler, descobrir, imaginar e sim "um professor" ou um bibliotecário, que levado por sua paixão a leitura, transmitirá uma emoção a mais no leitor.


Então com tudo que eu falei, vocês aprenderam que é importante vários aspectos para a biblioteca ser um espaço acolhedor para os educandos e educadores. Contudo, gostaria que vocês, leitores do nosso blog, comentassem suas experiências com bibliotecas, se concordam ou discordam de tudo que escrevemos aqui, o que é biblioteca para vocês?  

domingo, 23 de setembro de 2012

os livros  como mestres 

       Meek expressou uma ideia que os livros infantis ''ensinam a ler ''  e que isso é contestado no criterio de 
''ler se aprende lendo'' A leitura dos contos é aprendizagem que mais se beneficia dos metodos de ensinos .
Estudos recentes analisaram a substituição de livros feitos para aprendizagem por livros '' verdadeiros '' acharam que as crianças com dificuldades de leitura continuavam encontrando um grande apoio e defenderam sua permanência parcial nas aulas ,argumentando que o principio educativo não é que as crianças estejam imersas em um '' mar muito profundo '',mas em um mar '' suficientemente profundo'' para lhes permitir a nadar . 
      Para se entender a proposta da literatura infantil e juvenil é preciso atender a interação entre as obras e os leitores de uma sociedade e de um momento determinado .
Os livros destinados as crianças oferecem oportunidade de precisar '' como é a escada '' ou seja caracteristicas narrativas têm e quando aparecem majoritariamente na leitura dirigida á diferentes idades .Isto nos proporciona informações sobre a competência que sua leitura  ajuda - ra á desenvolver- lo .
      Uma maneira de tornar mais simples a leitura autonoma do texto é adotar uma pespectiva externa e 
dar - lhe a voz atraves da reprodução direta dos dialogos .Esta escolha ,pode inclusive ,combinar - se com uma voz que narra o presente ,como narração simultanêa dos acontecimentos da historia , de  modo que o  leitor se situe ante uma espécie de representação teatral dos fatos .





 .


domingo, 6 de maio de 2012

Livro Ilustrado



É um livro para além do texto escrito, onde a imagem é prepoderante em relação ao texto, pois este pode estar ausente.
Ele não deve ser confundido com livros:
  • de primeira leitura,
  • histórias em quadrinhos,
  • livros pop-up,
  • livros brinquedos,
  • livros interativos e imaginativos.
O termo livro ilustrado é recente, antes era chamado de livro albúm.

FLICTS


Image by Ziraldo.  All rights reserved.  Todos os direitos reservados.


Editado pela primeira vez em 1969, conta a história de uma cor procurando o seu lugar no mundo. O livro foi traduzido para diversos idiomas.



"Não tinha a força do Vermelhonão tinha a imensidão do Amarelonem a paz que tem o AzulEra apenas o fragil e feio e aflito Flicts"

Outros livros ilustrados:
                                       

terça-feira, 24 de abril de 2012

PARA REFLETIR

''É  a capacidade da leitura , isto é , a capacidade de atribuir sentido ao que está escrito nos livros ,que favorece aquela leitura ,agora com sentido metafórico : a leitrura do mundo ''


                                                                                  Marisa Lajolo

                                                                           

O ENSINO DE ESTRATÉGIAS DE COMPREENSÃO LEITORA

Oque é uma estratégia ? O lugar das estratégias no ensino da leitura .
Como VALLS frisou (1990) , a estratégias tem em comum com todos os demais procedimentos sua utilidade para regular atividades das pessoas á medida que sua aplicação permite selecionar ,avaliar ,persistir ou abandonar determinadas ações para conseguir a meta que nos propomos . 




 Porque devemos ensinar estrategias ? O papel das estratégias na leitura .
   
Formar leitores autonomos também significa formar leitores capazes de aprender apartir dos textos .para isso quem lê deve ser capaz de interrogar -se sobre sua própria compreensão,estabelecer generalizações que permitam transferir oque foi aprendido para outros contextos diferentes ...
A contribuição de pozo (1990) ,que define as estratégias na elaboração do trabalho escrito - atividades realizadas para aprender apartir dele - como estrategias de elaboração e de organização do conhecimento, na parte superior da hierarquia das estratégias de aprendizagem parece bem sujestiva .

Que estrategias vamos ensinar ? como podemos ensina- las ? 

Devemos permitir que o aluno planeje a tarefa geral de leitura e sua própria localização ,motivação e disponibilidade diante dela ,facilitando a comprovação ,a revisão ,o controle do que se lê e a tomada de decisões adequadas para a compreensão do texto.

O ensino de estratégias de compreensão da leitora .

   Em um interressante e pouco conhecido trabalho ,COLLINS e SMITH ,(1980) firmam que é necessário ensinar uma série de estratégias que podem comtribuir para a compreensão leitora e propõem  um ensino em progressão ao longo de três etapas.

               1ª ,ou etapa do modelo , o professor serve modelo para os alunos mediante sua  própria leitura : lê em voz alta para que os alunos verbalizem e comentem e compreenda melhor o texto.

               2ª a etapa de participação do aluno - mma mesma se pretende que o professor formule perguntas aos alunos e dando liberdade para que eles perguntem e assim compreenda os textos .

               3ª leitura silenciosa - onde os alunos realizam sozinhos suas atividades sozinhos já que nas anteriores é com ajuda do professor .

Enfim  ,como o leitor deve ter percebido ,essa questão de ensinar a ler não é tarefa fácil ,tampouco a de aprender a ler ,pelo menos da forma em que neste livro se entende de leitura .